Oferta Formativa

Contactos

Porto: 226 152 500
Lisboa: 217 713 100
Covilhã: 275 320 300
Barcelos: 253 808 770
Vila das Aves: 252 820 910

MODATEX presente no desfile de encerramento do projeto “Fashion and Performance”

MODATEX presente no desfile de encerramento do projeto “Fashion and Performance”

Teve lugar no Lycée Jean Zay, em Paris, o evento de encerramento do projeto ERASMUS+ “Fashion and Performance”, que contou com a presença de vários alunos e representantes do MODATEX e das restantes escolas que integraram este projeto: LP Octave Feuillet (Paris, França), Liceo Artistico Enzo Rossi (Roma, Itália), Lycée Turquetil (Paris, França), Ins Anna Gironella de Mundet (Barcelona, Espanha), IPSIA Primo Levi (Parma, Itália), OSZ Bekleidung und Mode (Berlim, Alemanha) e The Billericay School (Billericay, Reino Unido).
Para a Performance final, o MODATEX elaborou um conjunto de coordenados subordinados ao tema Ballet.
Do programa de deslocação a Paris, fez ainda parte uma visita ao Lycée Octave Feuillet – escola especializada em bordados de luxo, elaboração de flores de seda, chapelaria, corseterie e trabalho em plumas – e ao Lycée Turquetil – especializado em marroquinaria e trabalho em peles -, organizadas com o objetivo de conhecer melhor estas instituições e preparar eventuais parcerias de formação ou desenvolvimento de novos projetos no âmbito do programa Erasmus +.
O “Fashion and Performance” desenvolveu-se entre 2017 e 2019, com o objetivo de trabalhar a relação entre a moda e o espetáculo nas suas diferentes manifestações: circo, cabaret, cinema, dança, teatro, music-hall, burlesco, etc., numa estreita relação entre as diferentes entidades parceiras.
Explorar e compreender o conteúdo simbólico da Moda; partilha de conteúdos culturais e linguísticos e distinção entre métodos de ensino em diferentes realidades europeias, são alguns dos principais objetivos do “Fashion and Performance”.

Este projeto é encarado por todos intervenientes como o início de uma parceria que se pretende prolongar no tempo, através da realização de outras iniciativas que podem ir desde a troca de experiências entre formadores, à mobilidade de formandos, ao envolvimento com as empresas e à apetência de alguns estudantes em virem “estudar” para Portugal ou para qualquer outro dos países envolvidos, sobretudo nas áreas do design de moda e da modelação.