Oferta Formativa

Contactos

Porto: 226 152 500
Lisboa: 217 713 100
Covilhã: 275 320 300
Barcelos: 253 808 770
Vila das Aves: 252 820 910

 

Plano de Formação

Qualidade no Enobrecimento Têxtil

Qualidade no Enobrecimento Têxtil

Qualidade nos processos da tinturaria, estamparia e acabamentos, conducentes à qualidade dos materiais têxteis para vestuário, têxteis lar e têxteis técnicos. 

  • Identificar os processos têxteis de transformação das matérias-primas em forma de fios, tecidos ou malhas. 
  • Identificar os processos de fabrico dos têxteis técnicos. 
  • Identificar a aplicação dos acabamentos físicos e químicos, aos diversos materiais têxteis. 
  • Distinguir os principais materiais do laboratório. 
  • Manusear, armazenar e eliminar correctamente produtos químicos. 
  • Definir medição e medida. 
  • Reconhecer a importância dos algarismos significativos. 
  • Organizar informação e analisar resultados. 
  • Reconhecer a diferença entre dissolução, dispersão e emulsão. 
  • Distinguir e operar com indicadores e aparelhos medidores de pH. 
  • Reconhecer os princípios gerais para a realização de ensaios/normalização. 
  • Reconhecer as normas de ensaios têxteis. 
  • Reconhecer os requisitos para ensaios acreditados. 
  • Realizar ensaios de controlo da qualidade, de acordo com as normas. 
  • Controlar o material têxtil em todos os seus estados de transformação. 
  • Identificar e controlar os factores que influenciam os processos de tingimento. 
  • Identificar e controlar as diferentes variáveis que vão influenciar os processos de produção de estamparia, bem como os equipamentos.
  • Identificar e solucionar as não conformidades e analisar os resultados obtidos. 
  • Controlar as condições ambientais nas secções de gravura, cozinha de cores e estamparia. 
  • Identificar as não conformidades nos quadros de estampar, nas pastas de estampar e nos artigos tratados. 
  • Identificar e caracterizar os diferentes ensaios que permitem avaliar a qualidade do produto. 
  • Analisar, classificar e caracterizar os diferentes defeitos visíveis. 
  • Gerir tecnicamente um laboratório de tinturaria, estamparia, acabamentos e de controlo da qualidade de acordo com a NP EN ISO/IEC 17025. 

UFCD’s: 

  • 1994 – Tecnologia têxtil – processos de transformação 
  • 3872 – Química laboratorial 
  • 1998 – Controlo da qualidade laboratorial 
  • 3880 – Qualidade no processo produtivo em tinturaria 
  • 2004 – Qualidade no processo produtivo em estamparia 
  • 5236 – Qualidade no processo produtivo em acabamentos 
  • 5238 – Gestão técnica de laboratório têxtil 

Percurso de UFCD’s do referencial de Técnico de Enobrecimento Têxtil.

Habilitações
3º ciclo (9º ano)

Faixa Etária
>= 18 anos

Nível
Nível 4

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Qualidade no Enobrecimento Têxtil”

REF: 685. Categoria: Etiqueta: